Eventos

Sala B apresenta Cancioneiro do Imigrante

A partir da pesquisa musical de Ana Maria Kiffer sobre a "Memória Musical Brasileira"  que contempla a tradição musical  preservada pelos Imigrantes no Brasil,   o grupo de dança contemporânea Sala B estreou em junho de 2013 o espetáculo Cancioneiro do Imigrante. A trilha sonora é formada por canções  tradicionais de comunidades que aqui se fixaram e dos povos indígenas e africanos. O trabalho procura através de sua coreografia e de seu roteiro musical, colocar lado a lado, japoneses e  alemães,  índios e portuguêses , sírios e espanhóis, dentre  outros, retratando a possibilidade de convivência pacífica entre povos de origens diversas. É uma proposta de diálogo multicultural que tem também  como objetivo, estimular a reflexão sobre valores culturais importantes para o reconhecimento da identidade   brasileira . O grupo Sala B foi criado em 2011 o com o objetivo  de desenvolver um trabalho autoral e com a proposta de criar um  diferencial estético na dança contemporânea.  O grupo é  formado por bailarinos que possuem uma trajetória artística conceituada e formação técnica em dança clássica e dança contemporânea. Todos os integrantes do grupo  tem procedências diversas.  O  Sala B é dirigido e tem como coreógrafo residente  Fernando de Castro, fundador do Corpo Escola de Dança e Grupo Corpo, no qual também atuou como bailarino em diversas produções pelo mundo, além de ter estado à frente da direção artística e coreográfica de inúmeros trabalhos. O grupo foi contemplado em editais  culturais ,  e  já se apresentou em festivais e teatros da cidade de Belo Horizonte e interior e vem despertando o interesse do público por sua proposta cultural  e  qualidade artística. O Sala B é apoiado pelo Corpo Escola de Dança.         


  Serviço: Espetáculo Cancioneiro do Imigrante  Sala B  Dança  Contemporânea Dias 27 e 28 de junho 2015  ás  20:00 hs Teatro do Corpo Av. Bandeirantes 866  Mangabeiras Tel: 3221 7701 / 8748 6536 Ingressos: R$ 20,00 -  inteira        R$ 10,00 - meia entrada 

                   
    

Autor / Fonte:Fernando de Castro




Comentários