Eventos

NÔMADE, COM CIA MÁRIO NASCIMENTO



FUNARTE, Teatro Cacilda Becker e Ocupação Cacilda


apresentam 


NÔMADE, COM CIA MÁRIO NASCIMENTO (MG)


Espetáculo marca os 15 anos de trajetória do grupo.
  
NÔMADE é o desfecho de uma trilogia que versa sobre a territorialidade, suas diversas funções e sentidos. Sendo assim, a obra une-se a ESCAPADA, de 1998 - o primeiro trabalho do grupo - e a TERRITÓRIO NU, de 2011, para discutir questões como o lugar do indivíduo no mundo, o ultrapassar de fronteiras de todos os tipos e as possibilidades de libertação e transcendência do pensamento e da criatividade humana. 
ESCAPADA era a fuga, o desconforto com o lugar de origem e a busca pelo novo a partir do deslocamento físico; em TERRITÓRIO NU, uma nova etapa: a demarcação de um território e agora com NÔMADE, a descoberta necessária da inquietude e da liberdade, o não lugar como lugar ideal para o rompimento dos paradigmas, o desapego como caminho e elemento de transformação - nossa e do mundo. O nômade que falamos aqui é aquele que reside em nós. É um nômade que nos torna inquietos e nos faz buscar algo maior em nossas vidas. Cada nômade desenha seu próprio mapa e segue um percurso que pode nos levar, se nos permitirmos, a romper nossos paradigmas, ultrapassar fronteiras, vencer os medos e a descobrir novos mundos dentro e fora de nós.Assim, convidamos o público a compartilhar conosco uma reflexão: "Quem está com o mapa?"


Ficha Técnica:
Direção e coreografia: Mário Nascimento; 
Assistente de direção e de coreografia: Rosa Antuña; 
Direção musical e trilha sonora original: Fábio Cárdia; 
Criação de luz: Pedro Pederneiras; 
Elenco: Alicia-Lynn Castro, Eliatrice Gischewski, Fábio Costa, Gustavo Silvaestre, Léo Garcia Marcella Gozzi, Mário Nascimento e Rosa Antuña; 
Professores e ensaiaores: Mário Nascimento e Rosa Antuña; 
Preparação teatral e vocal: Rosa Antuña; 
Produção de figurino: CIA Mário Nascimento; 
Operação de luz: Hélio Oliveira Júnior; 
Fotos e vídeos: Marco Aurélio Pirates, Duda Las Casas, Léo Drumond e Mirela Persichini; 
Designer gráfico: Túlio Cássio; Mídias Sociais: Rosa Antunã; 
Produção: CIA Mário Nascimento; 
Produtora: Luciana Lanza ; 
Patrocínio: Petrobras
 
Sobre a Companhia Mário Nascimento:


Criada em São Paulo em 1998 pelo coreógrafo Mário Nascimento e o compositor Fábio Cardia, a Cia MN estreou seu primeiro trabalho, "ESCAPADA", no Centro Cultural São Paulo, dentro projeto Brasil Portugal 500 Anos do Descobrimento, a convite do curador Marcos Bragato.
 
A obra deu à Nascimento o prêmio APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte - 1998) como melhor coreógrafo. A dupla seguiu em turnée pela Alemanha, com apresentações em Hamburgo no Teatro B 12, Bienal de Essen e em Colônia no Zeigen Tanztheater obtendo ótimas críticas em importantes jornais como o Morgen Post  e Bergedorfer Zeitung. 
Em 2000, o Centro Cultural São Paulo, com o Projeto O Masculino na Dança deu lugar à estréia de "TROVADOR", também dirigido por Mário. No elenco Kiko Ribeiro, bailarino e percussionista pernambucano e o músico paulista Renato Gimenes. A obra foi apresentada em diversas capitais do país, com ótima repercussão de crítica e público. 
Em 2002 houve a transferência da Cia MN para Belo Horizonte,MG, que contou, por 6 anos, com o apoio logístico da Fundação Clóvis Salgado (Palácio das Artes). 
Em 2004, com o prêmio RUMOS DANÇA ITAÚ CULTURAL , veio  "ESCAMBO", com trilha de Fábio Cardia. O espetáculo rendeu à cia, no 1° Prêmio Usiminas/Sinparc  em Belo Horizonte, o prêmio de melhor coreógrafo a Nascimento, melhor bailarina a Rosa Antuña e bailarino(a) revelação a Cristiano Bacelar e Thaïs França. 
Em 2005 a CIA MN criou seu novo espetáculo "DO RITMO AO CAOS" com estréia no FID (Fórum Internacional de Dança) no Teatro Sesiminas em Belo Horizonte.2007 foi a estréia de "O REBENTO" no SESC Santana, em São Paulo, com o apoio do Prêmio Funarte de Dança Klauss Vianna. 
Em 2008, com patrocínio da PETROBRAS, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, a CIA MN estreou "FALADORES", coreografia de Mário Nascimento, trilha sonora de Fábio Cardia e assistência de direção e de coreografia de Rosa Antuña. 
Em 2009 e 2010 a Cia MN seguiu com o Patrocínio da Petrobras e fez circulação em todo o país com "FALADORES", que no 14° Prêmio Sesc Sated 2009, ganhou como melhor espetáculo e também como trilha sonora original para Fábio Cardia, melhor bailarina para Rosa Antuña e melhor bailarino para José Villaça . No Prêmio UsiminasSinparc 2009 ganhou como melhor espetáculomelhor concepção coreográfica para Mário Nascimento e melhor bailarino para José Villaça. Faladores, em sua trajetória, já fez mais de 100 apresentações pelo país. 
Em 2010, em 30 de novembro, a Cia MN fez a estréia da releitura de "ESCAPADA"em Belo Horizonte e também no Panorama Festival, no Rio de Janeiro. Prêmio Usiminas Sinparc como melhor trilha sonora original a Fábio Cardia. 
2011 foi a estréia de "TERRITÓRIO NU", em parceria com o FID, em Belo Horizonte. PrêmioSesc Sated para Rafael Bittar como melhor bailarino, e Usiminas Sinparc como melhor espetáculo. 
2012 foi o ano da Cia Mário Nascimento, através do Palco Giratório do SESC, fazer uma circulação por todo o Brasil com os espetáculos "ESCAPADA" e "FALADORES", obtendo uma grande aceitação em todas as regiões do país. Foram mais de 65 apresentações além das oficinas, em 31 cidades, em 20 estados brasileiros. 
Também houve a estréia da primeira intervenção urbana do grupo, em parceria com o projeto Horizontes Urbanos: "PARADA 7". 
Agora, em 2013, ainda com patrocínio da PETROBRAS, a Cia Mário Nascimento celebra seus 15 anos com a estréia de NÔMADE, em Belo Horizonte, em abril, partindo em seguida para uma tournée nacional.


Imagens em alta resolução, para imprensa: www.incartaz.com/imprensa/mario_nascimento.zip 
Sobre a ocupação Conexão Cacilda:

Conexão Cacilda, o novo projeto de ocupação do Teatro Cacilda Becker (RJ), propõe uma consolidação do espaço enquanto polo de referência para a dança, tanto na cidade do Rio de Janeiro quanto no Brasil como um todo. Num período que se estende entre maio de 2013 e janeiro de 2014, Conexão Cacilda compõe-se de ações vinculadas a partir de quatro diretrizes principais: criação artística, intercâmbio, diversidade e formação de público. 
Para tal, a equipe liderada pela produtora e especialista em Arte-Educação Carla Strachmann (RJ), em parceria com a produtora Jacqueline de Castro (Lazúli Cultura (MG)), promoverá um amplo escopo de atividades - de espetáculos e intervenções urbanas a oficinas, debates e residências artísticas - sempre atentas e conectadas aos diversos elos da cadeia produtiva em dança: criação/produção, difusão/formação e registro/memória.

Equipe: Direção Geral: Carla Strachmann; 
Concepção: Carla Strachmann e Diana de Rose; 
Direção de Produção: Jacqueline de Castro (Lazúli Cultura); 
Consultoria Artística: Diana de Rose; 
Curadores: Andrea Chiesorin / Arnaldo Alvarenga / Beatriz Cerbino / Carla Strachmann / Diana de Rose / Jacqueline de Castro / Rui Moreira; 
Produção: Diogo Oliveira; 
Coordenação Técnica: Adriana Ortiz - D5; 
Assessoria de Imprensa: Roberta Mattoso; 
Gestão de Comunicação: Davy Alexandrisky e Marcelo Paes de Carvalho; 
Identidade Visual: Raíssa Ralola (ctrl+alt+dança); 
Criação de blog: André Bern; 
Captação de Apoios e Assistência de Produção: Júlia Paiva.

Conexão Cacilda foi contemplada pela FUNARTE (Fundação Nacional de Artes) no Edital de Ocupação do Teatro Cacilda Becker 2013 

Serviço: Nômade, com a Cia Mário Nascimento
Local: Teatro Cacilda Becker: Rua do Catete, 338. Catete. RJ.
Data: 4 a 7 /jul (quinta a domingo)
Horário: 20h (quinta a sábado) e 19h (domingo)
Duração: 56 minutos.
Classificação Indicativa: Livre.
Entrada: R$20 (inteira) e R$10 (meia).


Informações para Imprensa: RoMa in Press
Roberta Mattoso
(21) 8108-9896robertamattoso@romainpress.com.br  

Autor / Fonte:RoMa in Press




Comentários