Acervo

1992

  • Em 1992, do encontro de Rui Moreira, Gil Amâncio e Guda surge em Belo Horizonte um agrupamento artístico ainda sem nome interessado em tocar, dançar e cantar a trajetória da afrodecendencia no Brasil. Com o passar do tempo, o desejo de criar um espaço privilegiado para interação e reciclagem profissional passa a ser o mote principal. Produção executiva: Bete Arenque

 





Comentários